SINDPESP
Entenda os desdobramentos da Lei Complementar 173/2020 e as medidas adotadas pelo Sindpesp
//////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////
30/9/2020 - / Por
 

 

O Sindpesp vem recebendo muitos questionamentos sobre a Lei Complementar 173/2020 do Governo Federal, a qual o governador de São Paulo usou como justificativa, para não nomear aprovados em concursos e preencher os cargos vagos na Polícia Civil. 

Com base nessa lei, o governo do estado também tentou suprimir até 31 de dezembro de 2021, o cômputo do tempo de serviço para todos os fins, inclusive direitos adquiridos, como a sexta-parte, licença-prêmio e quinquênio.

É preciso deixar bem claro que o governador está usando uma interpretação tendenciosa da lei para justificar sua política de sucateamento da polícia e o corte de benefícios dos policiais.

Nomeações

A LC 173 é objetiva e impede a contratação de servidores públicos por meio de criação de novos cargos, mas ela não se aplica para a reposição ou preenchimento de cargos existentes, ao contrário do que afirma o governador.

Inclusive, a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional emitiu o Parecer Público 13053/2020, onde coloca a reposição decorrente de vacância como uma exceção à regra de vedação à contratação de pessoal da Lei Complementar 173/2020.

O documento ministerial é ainda mais claro, ao orientar que: “toda e qualquer vacância de cargo efetivo ou vitalício, independente de quando tenha ocorrido, poderá ser preenchida durante a vigência do regime restritivo de que trata o caput do art. 8º da LC nº 173, de 2020”.

A decisão do governador de não nomear os aprovados em concurso é uma manobra para se esconder atrás de uma análise completamente deturpada da lei de forma intencional, e o Sindpesp não aceita essa falácia, que tem por único objetivo prejudicar ainda mais a nossa Polícia Civil paulista.

Contagem de tempo

Sobre a suspensão de contagem de tempo para os benefícios, mais uma vez o governador distorce a legislação federal para prejudicar os servidores. O Estado não pode simplesmente editar uma orientação administrativa e aplicar uma lei federal sobre os servidores paulistas, que são regidos por regime jurídico próprio.

A  Lei Complementar 173/2020 é bem clara ao proibir a criação de novas verbas remuneratórias, e não suspender direitos existentes. Ou seja, mais uma vez o governador tentou distorcer a lei a seu favor.


Sindpesp ingressa com Ação Civil Coletiva

E por isso, o Sindpesp ingressou na justiça e conseguiu uma liminar garantindo a continuidade da contagem de tempo mesmo durante o período de vigência da LC 173, comprovando sua inaplicabilidade sobre o regime jurídico dos servidores públicos estaduais. Os efeitos da liminar estão suspensos e ante ao reflexo da decisão em todo o Estado, a questão foi submetida em 30/09 ao Órgão Especial do Egrégio Tribunal de Justiça para a reanálise e restabelecimento da liminar.

O Sindpesp requereu junto ao STF sua participação como amicus curiae nos autos das Ações Direta de Inconstitucionalidade n° 6442/6447 e 6526. As arguições de inconstitucionalidade foram propostas através do Partido dos Trabalhadores, Rede Sustentabilidade e Associação Nacional dos Procuradores do Estado - Anape. 

Como amicus curiae, defenderá a inaplicabilidade da Legislação Federal, tendo em vista a autonomia dos entes federativos em legislar sobre o regime jurídico dos seus servidores e afronta direta à Constituição Federal. 

Ainda, em âmbito estadual, requereu a sua participação como auxiliar da Corte, nos autos da ação direta de inconstitucionalidade n° 2028860-87.2020.8.26.0000, proposta pela Associação Paulista do Ministério Público.

 
 
 
1
25/1/2021 -
Parabéns São Paulo!

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

2
24/1/2021 -
Dia dos Aposentados e Dia da Previdência Social

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

3
22/1/2021 -
Sindpesp enaltece atitude corajosa da delegada Renata de Souza Muassab que em conduta legalista preservou as funções constitucionais da Polícia Civil

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

4
18/1/2021 -
Lançamento da obra “Direito Policial – Temas atuais” é resultado do trabalho de Delegadas de São Paulo

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

5
13/1/2021 -
Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo decide, de forma definitiva, que a Polícia Militar não pode elaborar Boletim de Ocorrência Circunstanciado de Ato Infracional

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

6
13/1/2021 -
Sindpesp se reúne com secretário executivo de Segurança Pública, primeiro delegado a assumir a pasta desde 1960

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

7
13/1/2021 -
Chuva expõe a realidade da Polícia Civil e deixa delegacias embaixo d’água

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

8
30/12/2020 -
Nomeação de 600 Investigadores é insuficiente para suprir o déficit de 14.448 policiais civis

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

9
23/12/2020 -
Dia do Investigador de Polícia Civil

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

10
22/12/2020 -
Retrospectiva Anual - Sindpesp 2020

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

11
22/12/2020 -
Major Olímpio e Sindpesp repudiam fala do presidente do TJBA

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

12
22/12/2020 -
Nota de Repúdio

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

13
21/12/2020 -
Nota Técnica Sobre Atribuição para a Lavratura de Termo Circunstanciado de Ocorrência

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

14
21/12/2020 -
Nota de Solidariedade e Repúdio pela violência política e sexual sofrida pela Deputada Estadual Isa Penna (PSOL/SP)

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

15
17/12/2020 -
Juliana Ribeiro é convidada especial de Live sobre a LGPD Penal

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

   
   
   
   



SINDPESP - SINDICATO DOS DELEGADOS DE POLÍCIA DO ESTADO DE SÃO PAULO

Avenida Ipiranga, 919 - Conj. 1707 - 17º Andar - São Paulo, SP
sindpesp@sindpesp.org.br | 11-3337-4578




   
     
  + VISITADAS nos últimos 60 dias  
   
     
  Sindpesp se reúne com secretário executivo de Segurança Pública, primeiro delegado a assumir a pasta desde 1960  
.
  /////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////  
     
   
     
  China divulga os piores salários do país pago aos policiais civis de São Paulo  
.
  /////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////  
     
   
     
  Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo decide, de forma definitiva, que a Polícia Militar não pode elaborar Boletim de Ocorrência Circunstanciado de Ato Infracional  
.
  /////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////  
     
   
     
  Foi noticia - Delegado de São Paulo é o que menos ganha no país, diz sindicato  
.
  /////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////  
     
   
     
  G1- Salário de delegados em SP é o menor do país, diz levantamento de sindicato da categoria  
.
  /////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////  
     
   
     
  Novos policiais e região  
.
  /////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////